ESPETÁCULO DA VIDA

Quiséramos uma sincronia assim perfeita para a vida

Entre pliés, tendus e frapés

Solo, duplas, grupos, coletivamente

Seguir sempre a coreografia

Ora girando, abaixando, grudando, leveza total

E num grande jeté sermos lançados para o alto

Na certeza que não nos deixarão cair

Que haverá um partner a nos recolher

No ritmo da música, lindamente…

Que iremos girar e girar e girar

Sem tontura, sensualmente brilhar

E o próximo passo seguirá perfeito

Exaustivamente treinados como num grande espetáculo

Todos cumprindo bem seu papel

Um sonho: que a vida fosse assim

Um ballet onde ninguém cai

Todos sabem sua participação ali

A hora certa de entrar, se apresentar, brilhar

E também de sair de cena…

Porque tudo que temos aqui é um grande teatro

Bem ou mal representado, apresentado

Não há plateia, apenas autores e atores…

Alda M S Santos