LOUCURAS

A loucura é o tempero da vida

A pimenta que dá o toque especial ao prato principal

O sabor agridoce que nos inebria

Loucura é a válvula de escape em meio a tanta “realidade”

O sorriso e a lágrima entre o saudável e o doente

A gargalhada ou o grito que diferem felizes e infelizes

Entre cada ato tido como maluco

Ou em cada inércia tida como sã

Moram a alegria e o prazer de viver

A loucura é o traço sutil a distinguir o certo do errado

Mas é também a linha tênue entre a insanidade e a felicidade…

Loucura responsável é saudável!

Alda M S Santos