FALTAM CRISTÃOS, SOBRAM RELIGIOSOS

A fé que nos move e nos sustenta

Muitas vezes está atrelada a alguma religião

Mas ser um sujeito religioso, independente de qual religião seja

Não tem implicado em sermos, necessariamente, boas pessoas

Saber todos os ritos e dogmas da fé memorizados, cultuá-los

Participar de todos os eventos e celebrações dentro da igreja

Só fará sentido se isso nos tornar bons cristãos

Ser religioso e ser cristão não estão naturalmente ligados

O ideal seria que fosse, mas não é!

Sou um bom cristão quando consigo ser humano

E, mesmo falho, compreender as falhas dos outros.

Mesmo colocando minha vida como prioridade,

Buscando minha felicidade, meu bem estar,

Fazê-lo sem com isso causar mal ao meu próximo.

A termos que optar, melhor sermos bons cristãos que bons religiosos…

Alda M S Santos