FAZER FALTA

Sentir falta de nós mesmos

É tão doloroso quanto sentir falta do outro

Do que fomos, do que somos,

Do que o outro foi ou se tornou

Saber fazer falta para nós mesmos,

É tão importante e necessário

Quanto conhecer a falta que fazemos para o outro.

Quem disse que faltas não são importantes?

Preenchê-las, idem.

Não fazer falta, nem para si, nem para o outro

É não existir…é nos desfazer aos poucos, como neblina…

Alda M S Santos