VOAR

Vontade de alçar voo…

Bater minhas asas, subir o mais alto que puder

Sem me preocupar com o cansaço

Vontade de alçar voo…

Decolar para imensidões desconhecidas, coloridas, 

Sem saber quando e se vou pousar

Vontade de alçar voo…

Em busca do pote de ouro do arco-íris, de uma estrela cadente, 

Sem a urgência que nos paralisa

Vontade de alçar voo…

Nos caminhos tortos que construímos ao buscar nosso sonho encantado

Mesmo tropeçando nos lixos cósmicos da via láctea

Vontade de alçar voo…

Planando para dentro de um amor desejado

Para o mais profundo de mim mesma

E, enfim, pousar…

Alda M S Santos