NA MADRUGADA

Na madrugada, todos dormem!

Silêncio, escuridão, solidão, 

Descanso, sono, sonhos…

Mentes que revivem, que criam,

Inconscientes que processam, que trabalham,

Situações-problemas a resolver, traumas a superar,

Medos a enfrentar, dores a curar, 

Amigos tornando-se inaceitáveis inimigos.

Desafetos a amenizar, afetos a valorizar,

Dúvidas a esclarecer.

Pesadelos: a mente que trabalha solitária…

Logo, algo de lindo irá brotar! 

Alda M S Santos