QUANDO É AMOR

Quando é amor, qualquer um nota.

Não precisa dizer “eu te amo” com palavras.

Quando é amor, os olhos brilham e falam,

Quando é amor, o sorriso se abre e “grita”,

Quando é amor, está escrito na testa,

Quando é amor, está desenhado no rosto caipira ou de palhaço,

Ou de ambos, ou de nenhum desses, 

Mas em qualquer cara de “bobo” que se apresente.

Quando é amor, todo o corpo diz, da cabeça aos pés.

Quando é amor, reflete, bate e volta feito bumerangue, 

E enche todos os seres da mais pura alegria!

Quando é amor, tudo vale a pena, ou melhor, o tinteiro todo! 

Alda M S Santos

#carinhologos