SINTO AMOR

Sinto amor nas mínimas coisas

Uma palavra de estímulo, um olhar compreensivo, um abraço terno, uma companhia presente de verdade.

Um telefonema, uma mensagem, uma brincadeira para relaxar.

Sinto desamor da mesma forma

Olhar inexpressivo, palavras vagas, críticas veladas, silêncios inoportunos, ausências. 

Apenas opto focar no amor.

Fácil? Quase nunca!

Sorrio, choro, sofro, fico feliz…

E traço meu caminho nessa jornada.

Dia-a-dia, passo a passo, em frente.

Até o destino final, sempre buscarei o amor…

Alda M S Santos