OLHAR DE POETA

O poeta não vê tudo multicolorido, nem tudo cinza,

Ao contrário, vê todas as cores nitidamente,

Na natureza, nos seres, nos sentimentos,

Mas prefere misturá-las e descrevê-las,

E fazer da poesia que nelas existe, um poema.

Alda M S Santos