PAIS E FILHOS

Pais e filhos: uma relação única, especial, abençoada

Nasce do ventre, mas se alimenta do coração

Carinho que sobrevive e resiste a atritos, excessos, exageros, mágoas

Amor que, se faltar, deixa um vazio que não se preenche por nenhum outro amor.

Amor que se alia a respeito, perdão, união.

Compreendemos melhor o amor dos nossos pais, sendo pais

Na grande roda giratória da vida, “transferimos” aos poucos 

O cuidado aos nossos filhos, para o cuidado aos nossos pais.

Esses, cada dia mais dependentes, aqueles, cada vez mais independentes e autossuficientes.

Se pudermos olhar para nossos pais com menos crítica, com mais gratidão,

Se pudermos olhar para a vida de nossos filhos, com mais compreensão, menos imposição, 

Certamente teremos uma vida mais amorosa, mais leve e feliz.

Afinal, estamos na roda da vida e ela gira todo o tempo até a última parada para descermos.

Remorso e culpa são bagagens muito pesadas e dispensáveis!

Filhos, pais, avós são apenas fases do mesmo amor.

Que possamos viver cada uma da melhor maneira possível.

Alda M S Santos