TRAÇOS INDEFINIDOS

A vida, por vezes, é composta por cores vibrantes, brilho, traços firmes e bem definidos e clareza de informações.

Outras vezes, há apenas um simples esboço, traços leves, inseguros e indefinidos, um grafite, um borrão. 

Quase sempre são difíceis de entender, pois nos passam dados ambíguos, riscos duplos ou quase apagados. 

Exigem inteligência, empenho, sensibilidade, boa vontade, determinação.

Ainda há quem rabisque por cima, distorça dados, cruze informações com o intuito de dificultar.

Há quem queira nos desacreditar e diminuir nossa capacidade.

Cabe a nós ignorar os maldosos, afastar o irreal, interpretar o que se apresenta e reforçar os traços. 

Talvez refazê-los. Com ou sem ajuda.

Felizmente há quem nos apoie e ajude a escolher as cores e a pintar essa maravilhosa aquarela.

É nosso papel a cor dar à imagem que recebemos. 

A vida vale o esforço! 

Alda M S Santos