VICIADOS EM BELEZA 

Nunca podemos nos envergonhar de nossa capacidade de nos encantar com o belo.

Ao contrário, tal habilidade de apreciação deve ser aprimorada.

Há tanto a observar! 

Nossa alma precisa dessas maravilhas para se manter leve e plena!

Pode estar na natureza: paisagens diversas, rios, mares, montanhas e vales, jardins, animais…

Nos fenômenos naturais: chuvas, sol, luar, tempestades, auroras boreais, por do sol…

Ou simplesmente nos seres humanos, que além da beleza física de cada um, nos encantam e impressionam com seus sentimentos complexos, intensos e contraditórios. 

“Não há nada de mau em ser viciado em beleza. A beleza é a letra de Deus.”(Jandy Nelson). 

Por isso, em momentos de tristeza, precisamos dessa “letra” de Deus a nos animar! 

Alda M S Santos