O NATAL DO ANIVERSARIANTE

Algumas vezes preferimos fingir

Ignorar aquilo que nos machuca

Esquecer aquilo que nos incomoda

Fechar os olhos para a tristeza que se avizinha

Não nos importarmos com a miséria que vemos ao nosso lado

Passar a vez quando nos pedem ajuda

Virar as costas para as oportunidades que surgem de crescimento

Consolando um amigo

Abraçando um irmão

Dando pão a quem tem fome

Roupas a quem está nu

Sorriso e atenção a quem está só

Colo a quem chora

Orientação a quem está perdido

Amor a quem está carente…

Porém, encarando o que se apresenta de frente

Tudo torna-se mais fácil

E quando uma criança disser “veja o Natal, mamãe”,

Apontando para as luzes que enfeitam a cidade 

Possamos mostrar o Natal que existe num coração bondoso e repleto de amor!

O Natal que o Aniversariante quer de nós nos 365 dias do ano. 

Feliz Natal! 

Alda M S Santos