RENASCIMENTO

Tantos preocupam-se se há vida após a morte…

O problema não é se há vida ou esperança após a morte, a questão é que só podemos tê-la antes de morrer. 

Se há algo por fazer, que faça-se. 

A natureza nos mostra que mesmo quando, aparentemente, já não há vida, tudo renasce.

Tantas plantas ficam sem folhas, sem flores, apenas galhos. 

Mas as raízes estão lá, fortalecendo-se.

Ursos hibernam, alheios ao resto do mundo, apenas seguem sua natureza. 

Há um tempo de reserva de energias e retorno para dentro de si mesmo para voltar mais forte. 

Conosco não é diferente. Há períodos de introspecção. Mergulho profundo em nossas emoções, em nossos silêncios. Tempo de lamber nossas feridas. 

Esse tempo é só nosso. Alguns podem até ajudar, mas sem invasões. 

Nosso interior é propriedade nossa. Possui áreas virgens, desconhecidas. Precisamos desbravá-las, ou outros, menos hábeis ou cuidadosos, o farão.

A esperança de vida e renovação está aqui.

Uma alma leve e rica se dará bem antes ou depois daqui, antes ou depois da morte.

Aprendamos!

Alda M S Santos