SENTIMENTOS

Não devemos ignorar qualquer sentimento que nos acometer. 

Todos têm sua razão de ser. 

Alguns iremos querer sentir

Outros sentiremos sem querer.

Só precisamos saber que muitos deles são compartilháveis, outros não. 

Alguns existem para ser curtidos, vividos e trabalhados com todos… 

Outros, somente conosco mesmos.

Ou por serem tão preciosos que não possam ser divididos, 

Ou tão mesquinhos que não mereçam ser extravasados.

Vivê-los é esgotá-los, esgotar-se…

Mas tudo sempre se renova…

Alda M S Santos