PORTEIRAS ENTREABERTAS

Somos porteiras, vemos porteiras

Tantas fechadas, trancadas, passadas à chave.

Outras abertas, entreabertas…

Umas atraentes, ainda que fechadas

Outras repulsivas, mesmo arreganhadas. 

Convidativas são as entreabertas

Insinuam, sem mostrar

Conquistam, sem nada dizer

Encantam, sem querer

Falam tudo, no silêncio…

“Entre para tomarmos um café!”

Passamos por todas elas, 

Vemos flores a enfeitá-las,

Ou cães a guardá-las

Ignoramos e entramos, 

Ou seguimos em frente. 

Nós também pareceremos fechadas, arreganhadas ou entreabertas, 

Alguns passarão direto por nós,

Outros deixaremos entrar. 

Vários já entraram, se assentaram, tomaram seus lugares.

Em tantas entramos e batemos um

bom papo. 

Que possamos ser e encontrar

Muitas porteiras entreabertas e convidativas por aí,

Que preencham positivamente nosso viver…

Alda M S Santos